A desaceleração do varejo e a expansão dos shopping centers

Aumento das taxas de juros, desaceleração do varejo, a limitação da quantidade de lojistas com caixa para arcar com os custos de uma loja em shopping e a oferta crescente desse tipo de empreendimento são os ingredientes que forçam a revisão dos planos de expansão.

A fuga dos clientes e uma maior cautela dos lojistas ao abrir outros pontos de venda estão fazendo com que os shoppings pisem no freio e troquem a construção de novos empreendimentos pela expansão dos já existentes.

O empresário, dono da franquia, acaba esperando melhorar o desempenho de alguma loja antes de investir de novo”, diz Luiz Alberto Marinho, sócio-diretor da GS&BW, consultoria especializada em shopping centers em reportagem do jornal Valor Econômico,

Com menos clientes comprando devido ao crédito mais caro e juros mais altos a receita dos lojistas fica comprometida. Menos dinheiro pro bolso depois de tanta conta pra pagar. A abertura de novas lojas fica em segundo plano e os shoppings estão sentindo a consequência.

Há grandes grupo de shopping center negociando contratos e dando desconto no aluguel para que a inauguração do empreendimento não fique abalada com a quantidade de tapumes nos corredores.

Anúncios

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s