Com muitos clientes, quem precisa de produto? Uma nova ordem no varejo.

O site Wanelo (want, need, love), criado em 2012 por Deena Varshavskaya, faz sucesso entre meninas adolescentes. Ele funciona como intermediário e não possui estoque, mas trabalha com 12 milhões de produtos de 300 mil lojas no mundo.

wanelo

É uma rede social para quem gosta ou trabalha com moda, que despertou o interesse de grandes redes varejistas ao contribuir com o tráfego gigante de consumidores que elas não conseguem gerar sozinhas.

Deena tem 34 anos e anunciou, em agosto de 2013, que alcançou 11 milhões de usuários (90% são mulheres). No Wanelo é possível salvar os artigos em listas de desejos. Os itens mais desejados ficam disponíveis para quem quiser ver, ao lado de um grande botão verde escrito “compre” (o site ganha um percentual em cada transação). Varejistas estão adicionando botões aos seus sites que direcionam para o Wanelo.

O negócio continua crescendo e sempre gerou renda, segundo Deena, que agora possui 14 milhões em financiamento. “Facebook é para amizades. Twitter é para notícias. LinkedIn é para trabalho. Instagram é para imagens. Wanelo é para compra”, diz ela.

A reportagem é da Bloomberg Businessweek.

Anúncios

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

w

Conectando a %s