A saga de papai noel

Procurando por uma mensagem de natal para clientes e amigos da duopo achamos uma que é bem a nossa cara. Com toda matemática necessária para provar a interminável saga do bom velhinho. Reproduzimos aqui parte da crônica de Samuel Schwartzman:

“Confesso que ando preocupado com a saúde de papai noel. Com
aquela idade, com aquelas barbas antigas e brancas. Afinal, o
que ele vai empreender na noite de 24 de dezembro é mais do que
um milagre. É uma proeza para constar no Guinness Book. Pegue
você a calculadora, mesmo não sendo craque na matemática, e vamos
calcular juntos essa fantástica e inacreditável viagem do bom velhinho
que vai visitar as crianças boazinhas espalhadas pelo planeta:
1. Existem cerca de 2 bilhões de crianças no mundo. Papai Noel,
porém, não visita crianças das religiões muçulmana, hindu,
judaica e budista. Então o trabalho na noite de natal cai para
18% do total, ou 378 milhões de pessoas. Com a taxa média de 3
crianças por domicílio tem-se o total de 108 milhões de lares.
Base de pelo menos 1 criança boazinha por lar.
2. Papai Noel tem cerca de 31 horas de natal para trabalhar,
graças à diferença de fuso horário e a rotação da terra.
Considerando que ele viaje de leste para oeste, o que seria
lógico. Isso daria 967 visitas por segundo. Isso significa que
para cada casa cristã com uma criança boazinha o papai noel tem
cerca de 1 milionésimo de segundo para estacionar o trenó,
saltar, pular na chaminé, encher as meias, distribuir os
presentes restantes sob a árvore, comer algum lanche que tenha
sido deixado para ele, subir de volta pela chaminé, dizer “ho,
ho, ho”, entrar no trenó e ir até a próxima casa.
3. Considerando que cada uma das 108 milhões de paradas esteja
distribuída uniformemente pelo mundo, estamos falando agora de
aproximadamente 1,250 km por casa. Uma viagem total de 121
milhões de quilômetros, sem contar idas ao banheiro e um
descansinho porque ninguém é de ferro, muito menos o papai
noel. Isso significa que o trenó do papai noel move-se a uma
velocidade de 1046 km/seg. Deus meu! 3 mil vezes a velocidade do
som. Aí você em casa vai querer argumentar que a sonda espacial
Ulysses da NASA move-se a acanhados 44 km/seg, e uma rena normal
pode correr a 24 km/h, no máximo. Em terra, uma rena normal não
puxa mais que 136 quilos. Mesmo admitindo que renas voadoras
pudessem puxar 10 vezes o normal o serviço não poderia ser feito
com 8 ou 9 delas. Papai noel precisaria de 360 mil renas e se
passasse por aqui teria que se explicar ao Ibama. Isso aumenta a
carga, sem contar o peso do trenó em mais 50 mil toneladas ou,
aproximadamente, 7 vezes o peso do “Queen Elizabeth”, o navio,
não a rainha.”

Pobre papai noel. Conseguimos achar um pouco de matemática pra desejar a você um natal sensacional e um ano 1.000.000 vezes melhor que 2013. Boas Festas! 🙂

 

Anúncios

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

w

Conectando a %s